segunda-feira, 7 de outubro de 2013

4 minutos com Ovadia Yosef

 

Morreu o rabi Ovadia Yosef, líder espiritual e político em Israel - Público

Artigo de Maria João Guimarães
Retrato vídeo de quatro minutos sobre uma das figuras mais notáveis ​​na sociedade israelita. Neste episódio, o realizador Uriel Sinai fez um raro filme sobre o rabino Ovadia Yosef. O resultado é diferente do que estamos acostumados a ver.
Rav Ovadia Yosef - Biografia:
Nascido em Bagdad, em 1920, nada fazia prever para Ovadia Yosef uma tão impressionante carreira rabínica em Israel. Era sefardita, não vinha de linhagem de prestígio e nasceu numa família muito modesta nas margens do rio Tigre. A família emigrou para a Terra Prometida em 1923. O clã de oito filhos juntou-se em Jerusalém, onde o pai, o rabino Jacob, abriu a mercearia "Beit Israel". Muito jovem, Ovadia distingue-se pelo seu conhecimento da Torá.
O jovem estudante impressiona, com memória fotográfica inigualável. Todo o seu tempo livre é dedicado à Torá. Estudante modesto, passa os dias nas livrarias religiosas de Jerusalém, devorando os livros que não pode pagar.
Ovadia prefere o campo do estudo, enquanto os irmãos lutam contra os Ingleses.
O aluno salta etapas: publicou o seu primeiro livro aos 18 anos de idade e foi nomeado rabino apenas dois anos mais tarde. Aos 25 anos, já era um membro do Beth Din ( tribunal rabínico ) sefardita de Jerusalém, um cargo geralmente fora do alcance de um jovem rabino.
Entre 1947 e 1950, Ovadia Yosef atravessa as fronteiras do Estado judeu. O jovem inexperiente vai presidir ao tribunal rabínico no Cairo. É então nomeado rabino-chefe adjunto do Egipto. Num contexto político extremamente tenso, provou a sua capacidade de liderança. Fica no Cairo e recusa-se a fazer declarações contra Israel. Apesar das ameaças, continua a pregar em Hebraico. 
O modesto rabino  de Bagdad foi nomeado rabino-chefe de Tel Aviv em 1968. Em 1973, tornou-se Rishon Lezion, título usado por rabinos sefarditas na Palestina otomana e depois em Israel. Permaneceu até 1983, pois a lei restringe essa função a dois mandatos.
Ovadia Yosef é considerado o "possek" (decisor na lei Judaica) sefardita  mais escutado da sua geração. Os seus julgamentos sobre a prática religiosa parecem ser menos rigorosas do que os das da escola lituana.
Luz para as grandes e pequenas questões do Judaísmo, o rabino Ovadia Yosef é autor de dezenas de livros, incluindo a colecção de livros Yabia Omer, testemunho indelével do seu conhecimento astronómico. Em 1970, ganhou o Prémio Israel no campo da literatura religiosa judaica. As suas lições semanais, na sinagoga Yazdim em Jerusalém, eram seguidas por satélite em todo o país.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.