segunda-feira, 14 de outubro de 2013

O Esperma da Discórdia

'Hassan foi gerado com esperma levado à socapa da prisão' - escreve o Público, com a sua graça habitual e o seu indisfarçável regozijo com a incredulidade dos israelitas. O papá do Hassan está preso por ter ajudado uma velhinha a atravessar a rua, imaginamos. Os próximos capítulos desta apaixonante novela serão decerto trepidantes. Pode ser que o Inimigo Público comece entrentanto a dar notícias como esta:

Antes de mais, aconselhamos este post:

 Os túneis de Gaza

E agora, cá vai:
 TunnelsAlQassam.jpeg
 Brigada Hamas 'Al Qassam respondeu à descoberta com bravata jihadista

Netanyahu disse neste domingo que 2013 tem sido até agora  "o ano mais silencioso em mais de uma década", mas observou que "temos visto um aumento na actividade terrorista nas últimas semanas". Parece que os "palestinos" a preparar a próxima ronda do "processo de paz":

'Descoberto túnel de terrorismo de Gaza para Israel"

 Gavriel Fiske e Mitch Ginsburg para o Times de Israel, 13 de Outubro

    As forças de segurança na semana passada descobriram e inutilizaram um túnel subterrâneo que liga Gaza a Israel , provavelmente destinado a facilitar um ataque terrorista ou tentativa de sequestro dentro de Israel , disse o IDF domingo de manhã.

    O túnel , de cerca de 2,5 km de comprimento, começava em Abbasan al-Saghira , uma aldeia agrícola perto de Khan Yunis, na Faixa de Gaza, e terminava dentro de Israel, a cerca de três quilômetros do Kibbutz Ein Hashlosh , no Neguev ocidental.

    Foi encontrado em 7 de Outubro, informaram autoridades militares.

    Os militares disseram que esperaram uma semana para divulgar a descoberta, porque uma busca por explosivos estava em andamento. O Exército disse que um corpo de engenharia de elite foi enviado para o túnel, mas nenhum explosivo foi encontrado.

    Abu Ubaida, um nom-de-guerre para o porta-voz do braço armado do Hamas, escreveu no Twitter em árabe que "A vontade gravada nos corações e mentes dos homens da resistência é muito mais importante do que os túneis escavados na lama. Os primeiros vão criar milhares dos últimos".
    O porta-voz do Exército major Guy Inbar disse que o embargo a todo o material de construção para Gaza, anunciado domingo, foi promulgado devido a considerações de segurança e não foi concebido como uma medida punitiva.
    Durante anos, Israel impediu a transferência de materiais de construção para Gaza porque os militantes poderiam usar os materiais para construir mísseis rudimentares e explosivos para ataques contra Israel. 
    O líder do Conselho Regional de Eshkol, Haim Jelin, descreveu o túnel como "um metro de NY."
    O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse neste domingo que a descoberta e a neutralização do túnel faz parte de "uma política agressiva contra o terror ... [ que inclui ] prevenção, actividades de informação, medidas preventivas  acções de resposta [ aos ataques ] e, é claro, a "Operação Pilar de Defesa", referindo-se ao contra-ataque de Novembro de 2012, a mini-guerra entre Israel eo Hamas.
    Terça-feira passada , o Chefe do IDF (Forças de Defesa de Israel) Benny Gantz alertou para que a próxima guerra pode ser provocada por um "túnel cheio de explosivos que chegue a um jardim de infância".
    Relatórios anteriores afirmaram que este túnel terminava perto de uma creche no Kibbutz Ein Hashlosha , mas os militares negaram.
    "O túnel foi descoberto a tempo, e o desastre foi evitado", disse Jelin à Ynet News no domingo.
    Alon Shuster, chefe do Conselho Regional de Sha'ar Hanegev, que faz fronteira com Gaza, pediu ao IDF "para continuar a proteger as cidades da região e ofereceu-se para ajudar a financiar veículos de segurança" para patrulhas ao longo da fronteira de Gaza.
    Netanyahu disse no domingo que 2013 tem sido até agora "o ano mais silencioso em mais de uma década", mas observou que "temos visto um aumento na actividade terrorista nas últimas semanas."
    Este foi o terceiro túnel descoberto este ano. Os dois anteriores foram destruidos com explosivos pelo IDF.
    Túneis semelhantes foram usados ​​no passado pelos terroristas de Gaza, principalmente para um ataque em 2006 em que dois soldados foram mortos e Gilad Shalit foi sequestrado.
    O ex-conselheiro de segurança nacional Giora Eiland, que investigou o sequestro de Shalit, disse que os túneis de Gazas são a maior fonte de abastecimento do arsenal do território.
    "Eles surpreenderam-nos no passado, com a sua capacidade de escavação profunda e rápida", disse à Rádio do Exército.
    As tensões entre Israel e Gaza permaneceram desde o cessar-fogo informal depois de Israel ter lançado a operação Pilar de Defesa em Novembro de 2012, para conter o lançamento de mísseis.
    Em 8 de Novembro de 2012, poucos dias antes do lançamento da ofensiva, as forças israelitas descobriram um túnel enorme vindo de Gaza. As forças entraram brevemente em Gaza para procurar explosivos e, no regresso, descobriram uma grande quantidade de explosivos. Um soldado foi levemente ferido, e um jipe do IDF foi danificado pela explosão que supostamente o lançou 20 metros.
    Os analistas têm observado que os governantes do Hamas em Gaz , sentindo o aperto de uma operação maciça egípcao para destruir túneis de contrabando no Sina , podem procurar inflamar as tensões com Israel.
- O dia em que o filho se fez explodir em ataque terrorista contra israelitas, foi o mais feliz da vida dela:  



Veja também o post seguinte, sff.

2 comentários:

  1. Pois... e que tal o PÚBLICO noticiar que a Malásia acaba por proibir os não-muçulmanos de usarem a palavra "allah"? Será que vai noticiar?

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.