quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O Jogo da Galinha

A Turquia, em processo acelerado de reislamização, procura de novo um pretexto para nova jihad ofensiva contra Israel. Em terra, as deputadas já são obrigadas a usar o véu islâmico. No ar, os pilotos já são obrigados a espetar-se de frente contra os aviões israelitas.

 Greek and Israeli warplanes participate in an exercise.
                                  Aviões gregos e israelitas em exercício conjunto
"Militares turcos  'tentam provocar um incidente' com os israelitas no Mediterrâneo"
World Tribune, 31 de Outubro:

    
TEL AVIV - A Turquia continua a provocar Israel no Mediterrâneo.
    Fontes militares disseram que a Turquia tem usado a sua Marinha e Força Aérea para interromper as operações militares israelitas no Mediterrâneo. A Força Aérea e a Marinha turca têm assediado aviões israelitas durante patrulhas e exercícios, ao longo dos últimos seis meses.

    
"Eles estão a tentar provocar um incidente connosco que pode ter repercussões estratégicas", disse uma fonte militar.

    
As fontes disseram que
o primeiro-ministro turco Recep Erdogan ordenou aos militares turcos que interrompessem as operações israelitas perto das águas ou do espaço aéreo reivindicados por Ancara, incluindo em torno da República de Chipre. Estas interferências têm dificultado os exercícios recentes no Mediterrâneo Oriental, com a Grécia, incluindo um que ocorreu no início deste mês.

    
"Os turcos vêem-nos como aos gregos, o que significa que os militares turcos nos 'mostram os músculos' em todas as oportunidades que apanham", disse a fonte . "No ar, os aviões de guerra turcos jogam o jogo da galinha com nossas forças".

Nota nossa: o «jogo da galinha» consiste em dois oponentes avançarem um para o outro em qualquer veículo, a grande velocidade, procurando, cada um deles, ser o último a desviar-se. Para os muçulmanos, esta é uma situação de 100% de ganho; ou ganham o jogo, ou perdem, mas têm a glória do martírio na luta contra os infiéis - o que também é ganho!
 

    
As fontes disseram que Ankara está consternada com a crescente cooperação militar de Israel com a Grécia. Disseram também que a cooperação israelita, que inclui exercícios militares, treinos e projetos de armas, tem agora a Grécia em vez da Turquia como um dos principais parceiros de defesa do Estado judaico. Em Novembro, Israel planeia convidar três membros da NATO para o maior exercício militar internacional já realizado no país.
    "Erdogan pensou que a Turquia poderia isolar Israel militarmente, particularmente no âmbito da NATO, mas sucedeu o oposto", disse outra fonte. "Israel tem agora mais intercâmbio militar do que nunca com os membros individuais da NATO, enquanto Ankara foi marginalizada" ...

- As provocações da Turquia incluiram, entre outras, o célebre episódio da flotilha de jihadistas enviada para Gaza, uma bandeira da propaganda anti-Israel de que prometemos falar qualquer dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.