segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Os heróicos escavadores de túneis

Mesmo que quisessem, os líderes da Autoridade Palestina, com quem Obama exige que Israel negoceie, não podem controlar o Hamas.
 Israeli soldiers enter a tunnel discovered near the Israel Gaza border / AP
  
Soldados israelitas entram num túnel escavado pelos terroristas na fronteira com Gaza




Esta é mais uma notícia num mar delas, que diariamente chegam a grande ritmo, acerca da actividade terrorista islâmica em todo o mundo. Nos últimos tempos, os terroristas do Hamas e do Hezzbollah têm redobrado esforços para boicotar mais uma tentativa de estabelecer a paz entre Israel e o Mundo Árabe. Infelizmente, só Israel, como sempre, está interessado na paz. Enquanto Israel liberta centenas de terroristas, como gesto de boa vontade, os Árabes recebem os terroristas como heróis e redobram as suas acções assassinas (só nas últimas semanas foram assassinados dois jovens soldados e um reformado, e uma menina foi baleada e está em estado crítico).


"Os líderes do Hamas confirmam a construção de túneis de sequestrar israelitas"
Adam Kredo para o Washington Free Beacon, 21 de Outubro:
    Os líderes do Hamas confessaram nesta segunda-feira que estavam a planear sequestrar israelitas usando um sistema de túneis escavado pelos terroristas e recentemente descoberto nas profundezas da fronteira entre Israel e Gaza, de acordo com relatórios.

    
A admissão de que o Hamas ainda procura sequestrar israelitas renovou a preocupação de que uma nova onda de manifestações violentas conhecidas como intifada possa varrer a região e colocar em risco as negociações de paz nascentes.

    
As autoridades israelitas revelaram na semana passada que tinham descoberto um sistema de túneis de 1,5 quilómetros em execução na Faixa de Gaza que se dirigia a um kibutz israelita nas proximidades.

    
As autoridades do Hamas abriram o jogo na segunda-feira, quando um líder sénior da organização admitiu que o grupo terrorista planeava sequestrar israelitas e resgatá-los para garantir a libertação de mais terroristas palestinos presos.

    
" Este túnel foi feito pela mão dos lutadores de (Izzadine) al-Qassam e eles não vão desistir dos seus esforços na luta contra a ocupação (israelita) e sequestrarão soldados", disse o porta-voz do Hamas, Abu Obeida, na Rádio al-Aqsa, estação propriedade do Hamas.

    
"O sequestro é a única maneira de termos sucesso contra a ocupação (israelita)", disse Obeida, citado pela agência de notícias palestina Ma'an.

    
O líder do Hamas prometeu continuar os esforços para desencadear violência e sequestrar israelitas.

    
"Estamos a trabalhar debaixo da terra para libertar os prisioneiros", disse Obeida.

   
O Hamas garantiu a libertação de mais de 1.000 prisioneiros em 2011 sob um acordo que comprou a liberdade para o soldado israelita sequestrado, Gilad Shalit.

    
Especialistas em
Médio Oriente disseram que esta admissão por parte do Hamas "é outro sinal de que o grupo não está desistiu da sua agenda violenta enquanto as autoridades americanas tentam promover um acordo de paz "....

Esta encantadora senhora foi uma entre os mais de 1000 terroristas libertados por Israel em 2011. Recebida em triunfo, mostrou-se radiante por ter assassinado mais crianças israelitas do que pensava ter conseguido:


A Imprensa mainstream não mostra isto. Ignora os mortos israelitas. Em vez de reportar honestamente os FACTOS, a Imprensa mainstream prefere propagandear as aldrabices da propaganda anti-Israel, conhecida como Pallywood.

 - Para que servem os túneis de Gaza, que os activistas anti-Israel tanto aplaudem.

- Os túneis escavados pelos terroristas são uma preocupação também para o Egipto. 

Reiteramos que esta é apenas uma notícia entre muitas. A jihad (guerra santa) islâmica trabalha dia e noite para lançar o caos e o terror globais. Um breve lamiré de sites que tentam fazer a cobertura dos acontecimentos:

O TERRORISMO GLOBAL

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.