segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Nunca mais?


"Alice Herz-Sommer, de 110 anos, considerada a mais velha sobrevivente do Holocausto, morreu neste domingo" - PÚBLICO
  "A morte da pianista e professora de música acontece apenas uma semana antes do filme "The Lady In Number 6: Music Saved My Life"
 "A música era realmente o nosso alimento. Através da música fomo-nos mantendo vivos", disse ela uma vez acerca da sua passagem pelo campo de concentração."



HOLOCAUST SURVIVORS AND REMEMBRANCE PROJECT:
"Forget You Not"™preserving the past to protect the future ...


A Tribute to Survivors of the Nazi Holocaust
Sanctuary and Holocaust Remembrance


Documentário de Alfred Hitchcock sobre o Holocausto.


"VOZES DO HOLOCAUSTO":


  
28 de Janeiro de 2014, dia de Lembrar as Vítimas do Holocausto; manifestação anti-semita de muçulmanos e neo-nazis em França:

------------------------------
Entretanto, decorre o Holocausto dos cristãos no mundo muçulmano. A Imprensa "séria" ignora. Os políticos, idem. A gente bem-pensante considera que seria "racismo" referir aquele que está ser o maior Holocausto da História.

Clique na imagem para saber mais:

http://rescuechristians.org/

Aquando do Holocausto nazi, o Senador dos EUA Guy M. Gillette apresentou uma resolução em conjunto com outros onze senadores com a intenção de elaborar um plano para salvar os judeus europeus, vítimas de perseguição:

     "O problema é imediato. O problema é essencialmente humanitário. Não é um problema por si só judaico. É um problema cristão e um problema para a civilização esclarecida. Nós já falámos, já manifestámos simpatia,expressámos nosso horror, agora é mais que chegado o momento de agir" - carta ao Senado dos Estados Unidos, 20 de Dezembro de 1943, sobre o genocídio dos judeus na Europa.


O Senador democrata Guy Gillette.  

Muitas pessoas que odeiam os Estados Unidos "esquecem-se" de que, com todos os seus defeitos, durante o século XX, os Americanos virem salvar-nos a pele, por duas vezes. E muitos ficaram cá sepultados, ou regressaram estropiados. Como agora se esquecem que são sobretudo os Americanos que morrem no campo de batalha, a contrariar o Holocausto que está em marcha.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.