segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Quantos Judeus existem hoje no Mundo?



O coral religioso Maranata interpreta "Aleluia", um original dos israelitas Milk and Honey, que venceu o Festival Eurovisão em 1979.

Algo que costuma causar alguma confusão, é a definição de judeu. O Judaísmo é uma religião. Mas é também uma nação e uma cultura. Como por exemplo o Hinduísmo, que, sendo a religião maioritária e original da Índia, é também uma nação e uma cultura. A Índia é o berço das religiões Dármicas, como Israel é o berço das religiões Abraâmicas. 

A Índia é um Estado hindu, como o Japão é um Estado xintoísta e Israel é um Estado judaico. São-no pela tradição, pela cultura e pela História. Não deixam de ser democracias plenas por causa disso. Portugal e Espanha são países tradicionalmente católicos, com valores cristãos, com feriados religiosos no Natal, na Páscoa, e outros, sem que as pessoas de outros credos gozem de qualquer direito a menos que os católicos.


Não fazemos a mínima ideia sobre se António Sala tem ascendência Hebraica, nem isso importa para o tema em apreço. Ocorreu-nos apontá-lo como um exemplo de que em Portugal (como em Israel ou qualquer outra democracia), todos os cidadãos gozam dos mesmíssimos direitos, independentemente da sua religião ou qualquer outra condição. António Sala, sendo Adventista do Sétimo Dia, foi durante muitos anos a "cara" da Rádio Renascença, a Emissora Católica Portuguesa. E ainda é a cara que toda a gente lhe associa.

Em Israel é assim, como em Portugal. Nos países muçulmanos seus vizinhos, os que professam outras religiões são perseguidos, obrigados a pagar impostos de «infiel», e sistematicamente assassinados, de formas ignóbeis (enterrados vivos, queimados vivos, etc.), como estamos a assistir no famigerado Estado Islâmico. Não se entende, por isso, tanto apoio às tiranias muçulmanas, por parte de muitos ocidentais.

Como a generalidade das pessoas tem uma ideia muito vaga sobre Israel e sobre os judeus, aqui vai uma lista das religiões mais conhecidas e praticadas no Mundo. Os judeus são aproximadamente 13.75 milhões, vivendo na maior parte em Israel e nos Estados Unidos. Nem todos os judeus são praticantes do Judaísmo, mas o número refere-se aos judeus étnicos, independentemente da religião. Totalizam 0,19% da Humanidade actual.

Os números não mentem, e ajudam-nos a ter uma perspectiva mais correcta das coisas.

Religião
Seguidores
Percentagem
Christianismo
2.1 biliões
31.5%
Islão
1.6 biliões
23.2%
Agnosticismo
1.1 biliões
16.3%
Hinduismo
1 bilião
15.0%
Religião Tradicional Chinesa
394 milhões

Budismo
376 milhões
7.1%
Religiões Tribais
300 milhões
5.9%
Sikhismo
23 milhões

Judaísmo
14 milhões
0.2%
Espiritismo
15 milhões

Fé Baha'i
7 milhões

Jainismo
4.2 milhões

Xintoismo
4 milhões

Cao Dai
4 milhões

Zoroastrianismo
2.6 milhões
Unitarismo-Universalismo
800,000 mil

Rastafari
600,000 mil

Cientologia
500,000 mil


Fontes: Adherents.com; ChartsBin; Wikipedia



23 comentários:

  1. =DEBATE=Á-NÍVEL-NACIONAL=por quê???=exceto=as=rarississimas=exceções???=somos ou não somos simplesmente reflexo mas do meio aonde fomos criados educados condicionados???será que se fizerem com que qualquer brasileiro américa latina áfrica-coréiadonorte-etc-desde-antes de virem ao mundo ininterruptamente até a conclusão final do-03ºgrau-tudo e todos sejam criados condicionados educados mas-como se fossem genuinamente um-japones-um-alemâo-um-judeu-etc-e do outro lado fizessem com que um genuinamente-japones-alemao-judeu-seja-criado-desde antes de vir ao mundo mas como um-brasileiro-latino-africano-coréiadonorte-isto é nas tais escolas tempo parcial das 08aomeiodia-padrão-quintos mundos em todos os sentidos direções-etc-será-que-o-tal-brasileiro-latino-africano-quando-adultos-iria-continuar-á-agir-mas como se fosse um ainda genuino-brasileiro-latino-africano-ou então como foram-condicionados-educados-como-um-genuino-japones-alemão-judeu-e do outro lado fica a mesma pergunta???
    =
    mas-qual-a-diferença-mas depois que saem totalmente da-vitrine-entre-os-artistas-jogadores-de-futebol-políticos-profissionais-etc-mas-em termos de total ou não-independencia-financeira-mas-entre-os-brasileiros-américa-latina-áfrodescendentes-nascidos-criados-educados-condicionados-e-se-tornam-depois-adultos-nos-eua-canadá-inglaterra-frança-austrália-suíça-etc-com-os-brasileiros-américa-latina-áfrodescendentes- que são criados educados condicionados mas na sua própria mãe pátria-brasil-américalatina-áfrica-istoé-os-dos-países-primeirisissimomundo-mesmo-depois-de-sairem-da-vitrine-totalmente-ficam-mais-ricos-ainda-eou-então-fora-rarississimas-exceções-ficam-ainda-mas-numa-boa-isto é perdem parte da sua antiga fortuna glamour etc mas não voltam á sua antiga condição antes de ficarem na vitrine-mesmo que tinham nascidos criados como moradores de ruas mindingos etc agora-os-dos-quintos-terceiros-mundos-ao-sairem-totalmente-da-vitrine-do-glamour-do-meio-políico-etc-voltam-ao-que-eram-antes-geralmente-mindingos-miseráveis-moradores-de-ruas-pedintes-etc
    =
    por isto todos os políticos profissionais quintos terceiros mundos mesmo ficando ricos não querem de forma nenhuma sair do-meio-político-mas sempre iludindo enganando tudo e todos dizendo que quer-servir-á-nação-na-verdade só querem só servirem mas só-á si mesmos e só á todos os seus-laranjas-etc-pois se sairem totalmente menos dia mais dia voltam ao que eram antes de entrarem no-meio-político-mindingos-miseráveis-moradores-de-ruas-pedintes-etc-por exemplo será que se a tal bilionária filha do atual ditador angolano ela e o seu pai sairem mas totalmente do meio político e do
    poder politico angolano será que depois ela continuará ainda-bilionária-e ou ela é bilionária mas é só em razão do seu pai ser um ditador absoluto angolano???isto é se ele um dia perder mas totalmente o poder politico militar etc-de-angola-será que ela continuará para sempre bilionária???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Políticos honestos, caro amigo, é difícil encontrar. Eu gosto muito de Israel, mas por lá também há políticos que não são flor que se cheire :) Como em todo o lado.

      Eliminar
    2. Diversão dos inimigos de israel
      https://www.facebook.com/video.php?v=626162880859268

      Eliminar
    3. Olá Osvaldo. Fui à página do Facebook ver o vídeo e de facto espanta-me como é que há tanta gente trouxa, que não vê que a maior parte dos "refugiados" são rapazes em idade militar, com o corpo bem vigoroso, prontos a fazer o que as imagens mostram, e o que mais veremos, desgraçadamente. Mais espantado fiquei quando na caixa de comentários havia pessoas que culpavam os judeus do que se via nas imagens, alegando que a culpa é deles. Porquê, eles não explicavam, apenas citavam a famosa obra de ficção anti-semita "Os Protocolos dos Sábios do Sião". Que loucura...

      Eliminar
    4. Acho que tu é um Racista Judeu ou um panaca holocau$tizado??? Só estas puxando o saco dos racistas judeus e não dizes nada sobre o comunismo judeu do judeu Kissel Mordekay, dito de "Karl Marx" e seus sucessores assassinos comunistas judeus como Lênin, Trotsky, Kaganovich, Yagoda, Frenkel, Nikolski, Beria, Ana Pauker e outros assassinos comunistas judeus que mataram 90 milhões de pessoas de 1917 até 19889 no GULAG e SIBÉRIA!

      Eliminar
    5. Olá Nicolae,

      Geralmente irrito-me um bocado com nazis, mas consigo não sou capaz, nem sei bem porquê :-)

      Nós preferíamos que você expusesse os seus pontos de vista sem os insultos habituais. Se V. ouvisse o outro lado da questão, se ouvisse o ponto de vista judaico, e não apenas a propaganda anti-semita, teria uma visão mais equilibrada.

      V. cita comunistas judeus. Como os comunistas citam capitalistas judeus.

      Repare: V. é brasileiro, eu sou português. Há brasileiros que odeiam portugueses e citam todos os maus exemplos de portugueses, desde os negreiros esclavagistas até ao Militão, que massacrou um grupo de portugueses aí no Brasil. Do mesmo modo, há portugueses que odeiam brasileiros, e citam todos os exemplos de criminosos brasileiros (aqueles canibais que foram recentemente capturados, por exemplo) e pretendem que todos os brasileiros são ladrões, canibais, etc..

      Houve judeus comunistas, e o próprio Marx era judeu. Numa época em que se reagia à brutalidade da Revolução Industrial, e ao tratamento infra-humano do proletariado, o Comunismo nasceu, cheio de ideais - e foi a desgraça que se viu. Marx não é todos os judeus. Nem todos os comunista eram judeus. Poucos eram, aliás. Engels, MaoTse Tung, Hugo Chàvez, Dilma, Fidel, Kim Il, são judeus???

      É como a odiada família judaica Rotshild. Ai que malandros os ricaços judeus. E os Rockefeller, são judeus? Não são, acho eu... Todos os judeus são ricaços?

      Vou citar-lhe um trecjho de um artigo de Matti Friedman que aqui traduzimos recentemente:


      « A VELHA TELA EM BRANCO


      Durante séculos, os judeus apátridas desempenharam o papel de pára-raios da má vontade entre a maioria da população. Eles eram o símbolo de coisas que estavam erradas. Você queria exemplificar que a ganância era má? Os judeus eram gananciosos. Covardia? Os judeus eram covardes. Você era um comunista? Os judeus eram capitalistas. Você era um capitalista? Nesse caso, os judeus eram comunistas. O fracasso moral era o traço essencial do judeu. Foi o seu papel na tradição cristã, e a única razão pela qual a sociedade europeia os conhecia ou se importava com eles.


      Hoje, as pessoas no Ocidente tendem a acreditar que os males da nossa época são o racismo, o colonialismo, e o militarismo. O único país judeu do mundo fez menos danos do que a maioria dos países do mundo, e mais coisas boas - e ainda assim, quando as pessoas vão em busca de um país que simbolize os pecados da nossa era pós-colonial e pós-militarista enquanto vão em busca de um mundo de sonho pós-étnico, o país que escolhem é este.

      Quando as pessoas responsáveis ​​por explicar o Mundo ao Mundo - os jornalistas - cobrem a guerra dos judeus como mais digna de atenção do que qualquer outra, quando eles retratam os judeus de Israel como o partido obviamente errado, quando eles omitem todas as justificações possíveis para as acções dos judeus e obscurecem a verdadeira face dos seus inimigos, o que eles estão a dizer aos seus leitores - queiram ou não - é que os judeus são as piores pessoas da Terra.

      CONTINUA

      Eliminar
    6. Os judeus são um símbolo dos males que as pessoas civilizadas são ensinadas desde cedo a abominar. A cobertura da Imprensa internacional tornou-se um jogo de moralidade, estrelado por um vilão familiar.

      Alguns leitores lembrar-se-ão de que a Grã-Bretanha participou em 2013 na invasão do Iraque, em consequência do que já matou mais de três vezes o número de pessoas que já morreram no conflito árabe-israelita; pois na Grã-Bretanha, os manifestantes condenam furiosamente o militarismo judaico.

      As pessoas brancas em Londres e Paris, cujos pais não há há muito tempo eram refrescados com leques por pessoas escuras nas salas de estar de Rangoon ou Argel condenam o "colonialismo" judaico.


      Os americanos que vivem em lugares chamados "Manhattan" ou "Seattle" condenam os judeus por "deslocarem o nativo povo da Palestina". Jornalistas russos condenam as "tácticas militares brutais de Israel". Jornalistas belgas condenam "o tratamento dos africanos de Israel".

      Quando Israel abriu um serviço de transporte para os trabalhadores palestinos na Cisjordânia ocupada, há alguns anos, os consumidores de notícias americanos podiam ler que Israel "segregava os autocarros." E há um monte de pessoas na Europa, e não apenas na Alemanha, que gosto de ouvir os judeus serem acusados ​​de genocídio.

      Não é preciso ser professor de História, ou psiquiatra, para entender o que está a acontecer. Tendo-se reabilitado, contra todas as probabilidades, ​​num canto diminuto da Terra, os descendentes de pessoas impotentes que foram empurradas para fora da Europa e do Médio Oriente islâmico, tornaram-se o que seus avós eram - a poça em que o mundo cospe.

      Os judeus de Israel são a tela na qual se tornou socialmente aceitável projectar as coisas que você odeia em si mesmo e no seu próprio país. A ferramenta através da qual essa projecção psicológica é executada é a Imprensa internacional. »



      No seu subconsciente, Nicolae, estão milénios de ódio aos judeus, pelos motivos que Matti expõe. Objectivamente, V. tem tantas razões contra os judeus como contra os portugueses, os irlandeses, os coreanos, os tuaregues, os zulos, etc., etc..

      Porquê esse ódio? Já se perguntou? Imagine que descobria que era judeu - matava-se? Fica tranquilo da sua consciência ao pensar que crianças judias lêem o seu ódio e ficam com um sentimento de inferioridade, humilhação, medo? Acha isso humano e digno?

      Negar o Holocausto já dá uma ideia bastante precisa do seu grau de perturbação. De lavagem ao cérebro. Lamento-o. Confio em Deus. Espero que Ele tenha pena de si.

      José J. Pina


      P.S. - Fico também à espera das suas provas do "racismo judeu".


      Eliminar
  2. obs-que-todos os-judeus-brasileiros-américa latina áfrica-agem-atuam-são-pensam-mas-como-todos-os-judeus-de-israel-dos-eua-europa-istoé-pen
    samentos-ações-atitudes-sempre-foram-e-são-gigantescos-grandiosos-águias-leões-phoenix-etc-e nunca jamais ao contrário-disto-pois-judeus-é-ju
    deus-estejam-aonde-estiverem-pois todos os judeus seja lá daonde for sempre tiveram e tem desde antes de virem ao mundo quando ainda embriões mas as mesmas-informações-conhecimentos-sabedorias-que sempre foram negadas escondidas ocultadas mas de todos os brasileiros américa latina á
    frica coréiadonorte-etc-á partir das suas escolas normais e profissionalizantes até conclusão final-03ºgrau-mas tudo só-em-tempo integral das 07ás
    18hs-padrão-primeirississimomundo-como recentemente mostrou no-jornal-nacional-rede-globo-de-televisão-julho-2015-as-escolas tempo integral no japão aonde as crianças adolescentes de tão boa era e ou é a escola que ninguém queria depois das 18hs ir para casa-aonde sempre aprenderam e a
    prendem-tudo-álém de=OSPB=cidadania-respeito ao próximo á natureza ás mulheres e ás crianças-etc-dizem que no canadá nos transportes públios a prioridade número um são as crianças as gestantes os idosos as mulheres-dizem-que-se-quatro-homens-jovens-estiverem-sentados-num-transpor
    te-público-e-ali-aparecer-até-mesmo-uma-mulher-jovem-mesmo-sendo-uma-brasileira-africana-etc-os-quatro-homens-se-levantam e pedem educa
    damente para ela escolher qual-lugar-ela-quer-sentar-etc-agora no brasil-é-cotoveladas-socos-chutes-violencias-etc-contra as suas próprias mães fi
    lhas netas avós-etc-aprendem ainda por cima-também-xadrez-poker-volei-futebol-natação-etc-etc-mas aprendem mas principalmente mas tudo que se refere á-educação alfabetização financeira economica mas com enfase no empreendedorismo inovativo estratégico original ou não-etc-isto é a serem sempre empreendedores inventores geniais ganhadores de premio nobel comerciantes negociantes empresários investidores aplicadores propriedades imoveis etc e ou aprendem que mesmo sendo um simples trabalhador autonomo vai desde o primeiro dia já montando o seu-portfólio-etc-mas já procurando desde o primeiro dia á futuramente não depender-do-inss-previdencia-social-seguridade-social-programas-ajudas-sociais-etc- assuntos comuns mas á todas as crianças adolescentes-dos-eua-canadá-japão-china-comunista-dinamarca-austrália-etc-tudo-1000%ao contrário das crianças adolescentes brasileiras américa latina áfrica coréiadonorte ás quais sempre foram e são condicionados educadas em escolas tempo parcial das 08aomeiodia padrão quintos mundos-desde antes de nascerem e á serem eternamente sómente só empregados autonomos simples complexo sofisticados e sempre futuramente mas á só á depender únicamente mas-só-do -inss-previdencia-social-seguridade-social-programas-ajudas-sociais-etc- obs-que-proporcionalmente comparativamente com qualquer país nação crença religiosa cultural tradição-etc-a maioria-absoluta-dos-bilionários-do mundo todo são judeus e dizem que práticamente=25%=dos-ganhadores-de-premio-nobel-do-mundo-são-judeus-pois dos-7,5bilhões dos seres humanos no mundo todo só menos de 14 milhões são judeus-isto é menos de-0,2%-são-da cultura religião nação tradição-judaica-quase 32% da população mundial são-do-cristianismo-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe que cá em Portugal vamos pelo mesmo caminho. Agora a triste "moda" são os crimes passionais. Mulheres e maridos que resolvem "limpar o sarampo" ao cônjuge, estão todos os dias nos jornais. Tá tudo maluco, amigo!!!... :-(

      Eliminar
    2. Você é uma máquina, ou não sabe escrever mesmo? Credo! Seu texto é horrível dese ler, muito confuso, sem pontuação, cheio de hifens sem necessidade, confuso! Não dá nem pra entender o que você quer dizer, muito menos ler até o final.

      Eliminar
  3. este texto não responde o que eu pesquicei

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os números de estatísticas nem sempre são coincidentes, tem razão. O mais completo estudo que conhecemos está aqui:

      http://www.jewishvirtuallibrary.org/jsource/Judaism/jewpop.html

      Eliminar
  4. isto não responde nada que esta lá escrito . isso é só uma historia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá amigo Diego,

      Veja este parágrafo, sff:

      «Como a generalidade das pessoas tem uma ideia muito vaga sobre Israel e sobre os judeus, aqui vai uma lista das religiões mais conhecidas e praticadas no Mundo. Os judeus são aproximadamente 13.75 milhões, vivendo na maior parte em Israel e nos Estados Unidos.»

      Tem toda a razão quando insinua que o post é maçador, quando talvez devesse ser objectivo. Mas isto é um blogue, e não uma estatística demográfica, e a gente gosta de comentar, de "contar uma história".

      Dentro do que pretende - perguntas e respostas concisas e claras - sugerimos:

      http://www.jewishvirtuallibrary.org/

      Abraço e diga sempre de sua justiça,

      Oliveira

      Eliminar
  5. Acho q os judeus gostaram tanto do holocausto que estão fazendo o mês com os palestinos, não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá jovem amigo,

      Você é mais uma vítima da propaganda. Não lê, não quer saber, não quer informar-se, não quer pensar, apenas quer insultar.

      Em primeiro lugar, não existem nem jamais existiram "palestinos":

      http://amigodeisrael.blogspot.pt/2016/03/mas-afinal-quem-sao-os-palestinos.html

      Essa dos "palestinos" árabes é uma invenção soviética:

      https://pt.gatestoneinstitute.org/9206/palestinos-uniao-sovietica

      http://amigodeisrael.blogspot.pt/2013/07/einstein-dixit.html

      O que o meu jovem amigo vê por aí é uma indústria neo-nazi de difamação de Israel e dos judeus. Ora confirme:

      http://www.pallywood.com/

      http://amigodeisrael.blogspot.pt/search/label/Pallywood

      http://palestinalivree.blogspot.pt/

      Não vai confirmar. O jovem amigo, além de não ter paciência para se informar, ama mais o seu ódio do que a verdade.

      Oliveira

      Eliminar
    2. P.S. - E que Deus o perdoe por se regozijar com o Holocausto. Que nunca venha a passar pelo mesmo, a ver os seus familiares serem torturados executados em frente de si. Olhe que o karma (ou lá como lhe queiram chamar) não perdoa. Costuma dizer-se, mais à Portuguesa, que "quem com ferros mata, com ferros morre".

      Eliminar
  6. Estão esquecendo dos Judeuscristãos ou Judeusmessiânicos, eles deveriam ser mais reconhecidos, porque estão sendo levados ao descaso tanto por Cristãos católicos como pelo Judaico judaizante.O grupo Judeuscristãos ou Judeusmessianicos são discriminados por se autodenominar como Judeuscristãos ou Judeusmessianicos, lamentável que isso aconteça até em Israel, pois Jesus estudou a Torá e foi muito bem sucedido,e até foi aprovado por Deus. Jesus ainda denunciou as hipocrisias dos líderes judaicos com suas tradições humanas invalidando às leis de Deus. Oficialmente Israel ainda não reconhece os Judeuscristãos ou Judeusmessiânicos por nacionalidade israelense e nem do Judaísmo, infelizmente é um descaso, e os Cristãos catolicos também não reconhece a doutrina dos Judeuscristãos ou Judeusmessiânicos, porque os católicos se distanciaram muito do Judaísmo e do decálogo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beto,

      Os messiânicos não são discriminados em Israel. Israel abriga congressos de cristãos e de "judeus messiânicos" que vão para lá com a finalidade de tentarem converter os judeus - imagine o que seria um bando de cristãos entrarem no Vaticano e tentar converter os católicos :-)

      Tenha em mente que nos países muçulmanos, as outras religiões ou são simplesmente proibidas, ou quem as pratique só pode fazê-lo em privado e pagando o imposto correspondente.

      Veja por exemplo este artigo:

      http://www.beth-shalom.com.br/artigos/cristo_no_posto_de_controle.html

      Ainda noutro dia uma menina foi ao correspondente israelita do American Idol, um concurso de talentos e se apresentou como afecta ao judaísmo messiânico e foi bem acolhida.

      O que me parece que se passa é que, quem tem como desejo (obsessão?) "converter os judeus ao Cristianismo", sente como ofensa que estes não se convertam, e o amor depressa passa a ódio.

      Jesus Cristo não preenche nenhuma condição para ser o Messias aguardado pelos judeus. Os cristãos irem explicar-lhes que Jesus é o Messias é um atentado contra o senso-comum e contra a liberdade religiosa.

      Muita coisa já, é os judeus terem excelentes relações com o organismo que ordenou a sua execução nas fogueiras durante séculos, sem guardar rancor. Mas daí a a uma conversão colectiva, vai grande distância. Os judeus não andam por aí a converter ninguém, mas o mundo insiste em convertê-los à força. Durante séculos a escolha era conversão ou fogueira.

      Sobre a cidadania: Israel, por ser a Pátria do Judaísmo, não pode oferecer automaticamente cidadania qualquer pessoa que se auto defina com judeu messiânico, judeu humanista, etc..

      As regras para a cidadania israelita são basicamente as mesmas do que as que outros países adoptam. Outro Estado nativo com religião nativa é o Japão. Não é por eu de repente achar que sou Xintoísta que o Japão me vai conceder cidadania. Ainda para mais, Israel é minúsculo! Não cabe lá toda a gente que no mundo se acha judeu, Judeu (de religião) e israelita (de nacionalidade) são coisas ligeiramente diferentes. Um católico não é automaticamente cidadão do Vaticano...

      Há uma Israelomania global que dura há milénios. Pobres judeus... Mas este tema é interessante. Na minha ignorância de mero simpatizante de Israel, tentarei abordar isto melhor. Abraço :-)

      Eliminar
    2. Shalom Eloheinu, Baruch hu Adonai.

      Seu texto foi bom amigo. Muito bom. Que Hashem te abençoe com Bracha. Porém, só para adicionar mais conhecimento aí para você, já hoje, as regras mudaram em Ysrael. Hoje, a Aliah, em Hebraico, retorno, é uma lei aprovada pelo governo israelita. Ou seja, é um direito seu, se caso for judeu. Porém, hoje, você pode morar em Israel por Aliah de duas maneiras: ou provando sua judaicidade, com documentos ou por conversão ao Judaísmo. Entretanto, não é de um dia para o outro. Se você realmente amar os Yahudins do Criador, vai decidir se converter. Porém, só poderá ter direito à Aliah, quando completar pelo menos 5 anos de judaísmo praticante, pois assim, receberá documentos oficiais, curso de hebraico e, ao fim de 5 anos, você já pode pedir ao Rabino local da sinagoga que se converteu e prática, para ganhar um nome judeu, em Hebraico. Aí você já é considerado um judeu. E, com documentos oficiais dados pelo rabino, aí sim você pode ligar para FIERJ, que é a Federação Israelita do Estado do Rio de janeiro, se morar aqui, e dizer que quer fazer a lei do retorno, ou Aliah. Isso é para quem tem 5 anos de conversão e prática no Judaísmo.

      Eliminar
  7. Shalom Eloheinu, melech ha Olam, Adonai vehakodesh Baruch hu.

    Aqui não há espaço para o pensamento humano. Até quando vós ajuntareis para tentar o vosso Eterno Criador? Pois que, não sabeis vós que com um assopra pode destruir todo o universo? Apenas por sua vontade e palavra o fez; e ficou suas mãos dentro do planeta, fazendo com que ficasse nele escrita sua assinatura Celeste. Por que vossos olhos nada vêem? Eis que se preocupam em achar, quando na verdade deveriam encontrar. O Criador disse: Aquele que bater, abrir-se-á; e o que procura, encontrará. Então, tudo já nos deixou revelado, o que era, o que é e o que há de vir. Mantenham vossos corações puros diante do Santíssimo Trono! Louvai com grande voz! Porque próximo está o dia. As nuvens já se abriram; e o caminho já está aberto. Eis que ouço o cavalgar nas alturas! É o Criador! Ele está chegando! Aprontai vós as vossas vestes brancas, porque não tarda a chegar. E, ai daquele que ele vier e não encontrar as vestes como a branca neve! Treinamento diante do Todo Poderoso! Eis que vem, com alarido e som de trombetas. Venham ver o Gadol Elohim Erchad, YAHUshua, Ve et machichenu!

    Vos lembreis o que o disse YAHUshua para a mulher samaritana junto ao poço de Yahukov, em Yahuanan 4: Vós não sabeis o que adoram. Nós sabemos o que adoramos. Porque a salvação deste mundo vem dos judeus. O Criador não Criou religião nenhuma. E o judaísmo não é uma religião. O judaísmo não fora criado por pensamentos humanos, mas o Criador, ele mesmo quem nos ordenou todas as coisas. Voltem-se agora mesmo para o Criador! Sejam Natzary Yahudim! Sim, judeus nazarenos. Nenhum discípulo que escreveu as sagradas escrituras eram Cristãos ou de qualquer outra religião criado pela mente humana; mas todos eram judeus. Eles pregação um Cristo judeu. E, mesmo que aceitem que Yahushua é de fato o Messias enviado, em momento nenhum as sagradas escrituras vos ordenou criar uma religião, com outro nome, com práticas paralelas as sagradas escrituras judaicas e se esquecerem dos mandamentos sagradas da Antiga Aliança, dado o fato de que fora o mesmo criador quem nos ordenou. Voltem para as práticas judaicas dadas pelo Criador, mesmo que queiram aceitar o Messias, como Pedro, João, Paulo, Tiago etc. Jesus não era Cristão, era judeu.

    ResponderEliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.