sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Como foi o seu Outubro?



Como foi o seu mês de Outubro? Passeou no parque e apreciou as árvores a perderem as folhas? Já acendeu a lareira? Saboreou as estreias dos novos programas de TV? Esperamos que sim.

Em Israel, durante o mês de Outubro, os terroristas islâmicos perpetraram 48 esfaqueamentos, 5 atropelamentos, 5 ataques a tiro, mataram 11 israelitas e feriram 132.


Terroristas árabes em acção

O senhor Avraham Asher Chasno, por exemplo, seguia tranquilamente no seu carro, a caminho do trabalho, quando foi atacado por terroristas árabes. Para não sofrer o mesmo destino de tantos outros israelitas que acabam por se despistar e morrer em consequências dos  apedrejamentos a condutores, Avraham saiu do carro com um pau para os confrontar.
Eis que entra então em cena um outro árabe que o atropelou com o seu camião:



Nenhum árabe dos que presenciaram a cena prestou qualquer tipo de socorro à vítima.


Chaim Rubin, um médico israelita que socorreu Avraham Chasno no local, descreveu as reaCções horríveis por parte dos transeuntes árabes, assim que declarou o israelita morto. Os árabes aplaudiram, gritaram, tiraram fotografias e celebraram com "uma crueldade que é difícil conceber em seres humanos".

Avraham Chasno era pai de 7 filhos e avô de 9 netos. Residia em Kiryat Arba e era conhecido por ser um membro activo da sua comunidade.

O jornal Ynet deu conta da habitual distribuição de doces e dos festejos que sempre marcam os assassínios cometidos pelos terroristas:
 
Na cidade de Durah, próxima do local de assassínio, os colonos árabes festejaram a morte de Avraham Asher Chasno. 
Os colonos árabes tiraram fotografias e celebraram postando-as nas redes sociais:



O jornal Daily Mail divulgou a notícia, as fotos e um vídeo. A United With Israel também deu esta notícia. Poucos são os meios de comunicação que têm a coragem de mostrar o terrorismo islâmico, sobretudo quando é contra os israelitas. No entanto, graças à Internet, cada vez mais pessoas podem tomar conhecimento de que a Imprensa MENTE, retratando os terroristas como vítimas.

Ajude as vítimas divulgando a VERDADE. Ajude-as também com as suas orações. A organização STAND FOR ISRAEL divulga uma lista detalhada de todos os ataques e de todas as vítimas.

10 EM CADA 10 ADEPTOS DE IDEOLOGIAS TOTALITÁRIAS E GENOCIDAS ODEIAM ISRAEL E APOIAM OS TERRORISTAS ISLÂMICOS.

Certas ideologias precisam de heróis, e os heróis de certas ideologias são assassinos e terroristas. De Hitler a "Che" Guevara, de Yasser Arafat a Stalin, os maiores terroristas e genocidas da História gozam de legiões de fãs. Ao passo que as pessoas de bem e de trabalho, são consideradas desinteressantes.


Como actualmente o Comunismo e o seu filhote Nazismo não andam a matar por aí além, a extrema-esquerda e a extrema-direita suspiram de amores pelos terroristas islâmicos. Sobretudo pelos que matam judeus:

Falando num comício em Gaza, o ex-Ministro do Interior do Hamas, o terrorista Fathi Hammad, disse que "Alá criou o Homem apenas com o intuito de fazer a jihad (guerra santa muçulmana), avançar e cravas facas nos pescoços e nas barrigas dos inimigos". Este eloquente discurso foi transmitido a 19 de Outubro de 2015 pela Al-Aqsa TV. Com esta lavagem ao cérebro, do berço à tumba, o resultado é o que seria de esperar. 


Como foi o seu Outubro?

1 comentário:

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.