quinta-feira, 26 de novembro de 2015

SODASTREAM chegou a Portugal


 Scarlett Johansson é a embaixadora global da SODASTREAM

Sabia que a SODASTREAM chegou a Portugal? É verdade. Trata-se de um sistema inovador que lhe permite fazer os seus refrigerantes preferidos em casa. Saudável e ecológica, a SODASTREAM veio revolucionar o mercado das bebidas. Saiba mais visitando o site da SODASTREAM.
A fresca inovação vem da terra das inovações - Israel. Mas, como vem de  Israel, não escapou à ira dos neo-nazis do BDS, uma malta bizarra e atroz, dentre a qual sobressai o neo-nazi Roger Waters, que passa a vida a vociferar contra o Capitalismo e os seus dois satãs - os Estados Unidos e Israel - mas que vive nos Estados Unidos, na sua milionária mansão, e nunca deu nada a ninguém.

Festa de lançamento da SODASTREAM em Portugal - reportagem no CORREIO DA MANHÃ
 No post

'Terrorismo e gasosas' - O "Caso" SodaStream

abordámos o assunto do boicote neo-nazi à SODASTREAM e transcrevemos um excelente artigo de Alberto Gonçalves no Diário de Notícias, precisamente com esse título.
 No post

A situação na Síria e a ajuda de Israel

falámos - entre outras coisas - da oferta de empregos a 1100 refugiados sírios por parte da SODASTREAM.
A fábrica da SODASTREAM teve que sair da Judeia e Samaria a.k.a. Cisjordânia

Devido à pressão dos neo-nazis do BDS e dos seus velhos líderes hippies (aqueles cujas opiniões políticas foram forjadas pelo LSD), a SODASTREAM teve que deslocar a sua fábrica para fora da Judeia e Samaria, a que os anti-Israelitas e os incautos chamam "Cisjordânia"
No processo, centenas de árabes e outros israelitas ficaram sem emprego. Os neo-nazis da  BDS afirmaram que "valeu a pena".
O que não admira. Nada os preocupa menos do que a sorte dos árabes ou de quaisquer outras pessoas. A BDS é apenas um veículo de ódio aos judeus.
"A BDS afirma que só quer o melhor para os 'palestinos', não importa quantos deles tenha que magoar" - Stu Bykofsky, colunista do Philadelphia Daily News, em 26 de Janeiro de 2014.

Fighting BDS é uma página de Facebook que combate o grupo neo-nazi BDS.


Entretanto isso, o lunático Roger Waters lá continua, na sua torre de marfim, contente de si mesmo, convencido de que é o salvador da Humanidade, o messias do anti-capitalismo que vai finalmente destruir os Estados Unidos, Israel e os judeus, e implantar o Reino do Comunismo na Terra. Na sua mansão nos Estados Unidos, acendendo charutos de Havana com notas de 100 dólares, o lunático crê-se o portador da Igualdade, e primeiro e maior entre os Homens.
O neo-nazi Roger Waters interpreta a canção auto biográfica "Danos Cerebrais":



Leia também o interessante artigo:

CEO da SodaStream conta como transformou um anúncio vetado no Super Bowl em ouro de marketing

É por causa destas e de outras que as pessoas mal formadas e invejosas odeiam os judeus, e as pessoas normais os admiram.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.