domingo, 29 de novembro de 2015

UN ME

Enquanto milhões de inocentes sofrem os horrores do terrorismo islâmico, enquanto milhões de inocentes vivem sob brutais regimes totalitários, a ONU promove os representantes desses mesmos regimes a Polícias do Mundo. A ONU fecha os olhos às ditaduras, ao terrorismo, às violações dos Direitos Humanos e dedica-se obsessivamente a vomitar resoluções contra Israel. 
As duas soberanias-chave do Mundo Livre são o alvo da ONU, a instituição mais reverenciada do Mundo. E agora que os Estados Unidos oscilam entre Califado e Socialismo, resta o suspeito do costume - ISRAEL!
Que importa que o psicopata da Coreia do Norte fuzile cantores que ousaram cantar canções não-revolucionárias, ou pessoas que tinham uma Bíblia em casa? Que importa que no Irão a execução pública de homossexuais seja um espectáculo popular ou que os cristãos sejam dizimados em todo o mundo islâmico? 
O que interessa é exigir que Israel ofereça sempre mais do seu território até ficar do tamanho de um selo de correio (já falta pouco).
ONU ME é um documentário sobre a ONU que devia ser obrigatório, como a vacina contra o tétano.
Aconselhamos também o site da UN WATCH, que se dedica à espinhosa tarefa de monitorizar as malfeitorias da mais prestigiada associação de malfeitores do Mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.