sexta-feira, 25 de março de 2016

Bélgica ridicularizou a possibilidade de um ataque terrorista


 
Numa campanha publicitária que foi para o ar dois meses antes dos ataques terroristas de terça-feira, o Departamento de Turismo de Bruxelas ridicularizou a noção de que a cidade era violenta ou propensa à violência terrorista.
A cidade idealizou uma série de telefones para os quais as pessoas poderiam ligar, de todo o mundo, e falar com transeuntes de Bruxelas. "Você viu alguém com armas ou bombas?" - pergunta um estrangeiro.
A pessoa que atendeu o telefone ri: ""Não! Oh meu Deus, de forma alguma!".
Via MediaITE

- Esta campanha é bem o exemplo do estado de imbecilidade colectiva a que a Europa se permitiu chegar. Estamos a ser invadidos por terroristas islâmicos, mas o poder político e os media acreditam que poderão esconder indefinidamente essa realidade. Há anos que avisamos. Infelizmente, os FACTOS dão-nos razão.

Não são apenas os dois ministros que deveriam sair. Toda esta classe política deveria ter a decência de dar o lugar a quem ainda não perdeu o contacto com a realidade. Tal como a um inoperante Neville Chamberlain, que se submetia a Hitler, sucedeu um decidido Winston Churchill, que salvou o seu País e ajudou a salvar a Europa. 

É que ESTAMOS EM GUERRA! E não podemos dar-nos ao luxo de manter imbecis no Poder.



38 mortos e 700 feridos.  Ainda terão vontade de rir?


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.