domingo, 8 de maio de 2016

Jihad He Khan! Londres tem "mayor" islamista! - 1

LONDRINOS ELEGERAM UM TERRORISTA PARA PRESIDENTE DA CÂMARA?


Sadiq Khan, novo presidente de câmara ("mayor", prefeito) de Londres, é  um notório apoiante do terrorismo islâmico.  

Sadiq Khan tem uma carreira longa e ininterrupta de colaboração e envolvimento com islamistas, pregadores de ódio, "padrinhos" do terrorismo, sexistas, homofóbicos e extremistas.

Ele fala regularmente em comícios com a bandeira negra da jihad e onde as mulheres são tratadas como cidadãos de segunda classe.

Khan falou ao lado do homem que treinou o líder dos bombistas dos ataques terroristas de 7 de Julho em Londres. 


Este vídeo da Britain First expõe tudo isso e muito mais:



"Ele será como jumento selvagem;
sua mão será contra todos,
e a mão de todos contra ele,
e ele viverá em hostilidade
contra todos os seus irmãos".


Ele é Ismael, o meio-irmão de Abraão, que na narrativa bíblica é considerado antepassado dos povos Árabes e outros povos hostis à Humanidade e a Deus. Desde há milénios que Ismael combate e tenta subjugar os outros povos - a começar pelos Hebreus. Desde 11 de Setembro de 2001 que o Islão está num dos seus períodos chamados "A Casa da Guerra". Sempre que se acha mais forte e pressente a Humanidade mais fraca, o Islão sai da "Casa da Paz" e lança-se ao ataque.




Mas agora, nem é preciso montar a cavalo e avançar contra os inimigos. Uma bem sucedida GUERRA DEMOGRÁFICA já permite eleger políticos islamistas e implantar a Sharia em solo infiel!

A GUERRA DEMOGRÁFICA ISLÂMICA
Crime generalizado, vida larga às custas dos contribuintes britânicos, terrorismo, redes de estupro de mulheres e crianças "infiéis", manifestações de rua a louvar a jihad e a exigir a islamização do Reino Unido. Eles nunca esconderam ao que vieram, mas quem é discorda, arrisca-se a ser preso.

As estatísticas demográficas neste vídeo são assustadoras, e mais ainda quando se percebe que são de há 5 anos. Cada previsão aqui feita tornou-se realidade ou virá a acontecer nos próximos anos:



Os londrinos elegeram mesmo um terrorista para "mayor"? Ou foram os votos dos invasores muçulmanos, combinados com os da extrema-esquerda anti-nacionalista, que permitiram esta eleição, que anuncia o fim do Reino Unido?

Não fuzile o mensageiro. Antes de nos condenar por mostrarmos a realidade, informe-se sobre o Islão:

O TERRORISMO GLOBAL

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.