segunda-feira, 24 de abril de 2017

Câmaras de segurança captaram ataque terrorista em hotel de Tel Aviv

O ataque terrorista deste domingo em Tel Aviv ficou documentado pelas câmaras de segurança do hotel onde um "palestino" de 18 anos esfaqueou dois homens e uma mulher. O terrorista esfaqueou depois uma quarta vítima - um homem - na praia defronte do hotel:

 


Pessoas com poucos conhecimentos em matérias de segurança e contra-terrorismo, tendem a desvalorizar os ataques com objectos cortantes ou perfurantes (facas, machados, cutelos, chaves de fendas, etc.), considerando que apenas as armas de fogo são graves. Na verdade, não é assim. Em mãos hostis, esses objectos são tão letais como uma pistola. Perguntem a quem sabe.

Mas os que verberam os israelitas por estes não se deixarem passivamente esfaquear, atropelar e queimar vivos pelos terroristas, decerto que teriam outra opinião se fossem eles mesmos os alvos. O Holocausto, os pogroms comunistas, e outras formas de extermínio dos judeus, vivem no inconsciente colectivo e perpetuam-se no financiamento dos terroristas dedicados a exterminar judeus.

A "Autoridade Palestina" - o bando terrorista que o Mundo aceita como se fosse uma instituição normal - apelou a que os muçulmanos atacassem os judeus por todos os meios (facas, carros, fogo, etc.). "Autoridade Palestina" é subsidiada pelo Mundo inteiro (tal como os terroristas do Hamas, que dominam Gaza e atacam atacam sistematicamente Israel). 

Ver INTIFACADA


P.S. - Este terrorista entrou em Israel inserido num grupo de "pacifistas" árabes muçulmanos denominado NATURAL PEACE TOURS. É esta a paz do Islão: depois de eliminados os infiéis, é a paz dos cemitérios.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.