sábado, 22 de julho de 2017

Melania Capitán, vítima da Guerra aos Humanos


Melania Capitán, de 27 anos, jovem caçadora e conhecida blogger, foi encontrada morta esta madrugada, numa quinta em Huesca, em Aragão, Espanha. 

Mel, como era conhecida pelos amigos e no mundo da caça, pôs termo à vida.
Há uns meses, associações de defesa dos animais vieram a público criticar os atos ditos "cruéis" da caçadora. 

Recentemente, a jovem denunciou as ameaças que sofreu por parte das associações, nas redes sociais. Depois de conhecida a morte da caçadora, vários comentários foram feitos nas redes sociais, muitos deles, em forma de insulto. 

Três dias antes do incidente, Mel havia publicado uma imagem do seu cão, na página de Facebook, com um texto fazendo alusão ao calor que se fazia sentir naquela tarde. Nessa mesma publicação, e depois de já conhecida a morte, algumas pessoas comentaram, em tom de insulto.
"Está calor porque estás a arder no inferno", escreve uma utilizadora. "Apodrece no inferno e obrigada por deixares de assassinar animais inocentes, só por ego e cobardia", continua. "Fizeste um favor à humanidade, adeus!", conclui. "Ela está viva, não se preocupem. O que aconteceu é que deixou a caça e está agora no casting para o Walking Dead, esperem pela próxima temporada", escreveu outro utilizador. "Estava tão amargurada que teve de se matar (…) menos mal que se matou a ela mesma, e não pobres animais (…) foi o melhor que fez ultimamente", podemos também ler.
Condensado do CORREIO DA MANHÃ

Melania Capitán, a caçadora mais famosa do mundo, já tinha denunciado em 2015 que recebia ameaças. 
"Recebo ataques desde 2015 mas agora tornaram-se insuportáveis", disse Mel num dos vídeos que publicou no Facebook.
"Vamos calar-te com uma bala" e "espero que alguém te espanque e te dê quatro meses de coma", são alguns dos comentários que se podem ler nas redes sociais da jovem.
Mel chegou mesmo a ter problemas no emprego com as atitudes de quem não aceitava o seu hobbie. Três pessoas dirigiram-se ao trabalho da mulher e pediram ao chefe que esta fosse despedida.
Há alguns anos criou um Facebook para partilhar as aventuras na caça mas de imediato começou a receber ameaças e insultos de defensores dos animais.
Condensado do CORREIO DA MANHÃ


O nosso post

Ana Vegana Canibal

é dos mais lidos de sempre. E fala de um caso real - um entre tantos - de amigos dos animais, que se indignam com a tourada, mas não se indicam com o abate halal.
Que se indignam com o abate do cão Excalibur, em Espanha, mas não se indignam com o tiro ao cão, e outras torturas praticadas pelos idolatrados "palestinos":



- Temos uma pequena secção ANIMAIS. Dê uma vista de olhos.

Esta gente só se indigna selectivamente - e de preferência em frente a um bitoque, pois é gente que gosta muito da "chicha", como um conhecido comediante comunista português (muito talentoso, por sinal) que está sempre a gabar-se do seu amor à "chichazinha", mas que também se regozija com a morte de caçadores.
Esta gente está contente com a o suicídio desta jovem. Esta gente chora pelos animais abatidos,  mas está-se completamente nas tintas  para os seres humanos abatidos pelo jihadismo. É tabu, não falam disso - a não ser para desculparem os terroristas. Os "amigos dos animais" não se importam com os animais torturados pelos muçulmanos ou pelos seus camaradas comunistas.
Os "amigos dos animais" nunca jamais abriram ou abrirão a boca para protestar contra as tradicionais atrocidades islâmicas contra os animais. Não são amigos dos animais. Amigo dos animais sou eu. Eles são inimigos das pessoas.

"O animalismo é uma postura pouco conhecida no âmbito do marxismo cultural e consiste, basicamente, na vitimização extrema dos animais e na criminalização do ser humano. Defende um veganismo agressivo e uma campanha de ódio contra quem consome produtos animais e seus derivados. Segundo os seguidores destas ideias, o "especismo" (termo fabricado por eles para atingir seus objetivos) consiste na crença de que os animais são inferiores aos humanos, ou merecedores de menos direitos sendo que eles (os animalistas) se colocam na posição de anti-especistas. Apenas mais um dos inúmeros exemplos da estratégia maquiavélica de “dividir para conquistar” que vem sendo aplicada com maestria pelos marxistas, nos mais diversos segmentos sociais, há décadas - negros contra brancos, mulheres contra homens, etc ."
Neste documentário, traduzido pelos TRADUTORES DE DIREITA, podemos ver o descalabro a que as coisas estão a chegar:


P.S. - No Islão, todos os animais são torturados, mas fica aqui uma amostra do que eles fazem aos cães, por ordem do seu deus Alá:

http://www.barenakedislam.com/2012/08/06/apparently-poisoning-dogs-in-spain-isnt-enough-now-muslims-are-attacking-people-walking-their-dogs/
europe-muslims-declare-jihad-on-all-dogs
iran-is-locking-up-peoples-pet-dogs-because-they-were-walking-them-in-public
uk-muslim-beats-the-crap-out-of-his-sweet-labrador-puppy-viewer-discretion-advised
now-dogs-are-being-poisoned-in-britain-too
europe-muslims-declare-jihad-on-all-dogs
spain-muslims-carry-out-jihad-on-dogs
spain-muslims-are-poisoning-dogs-because-they-consider-them-to-be-filth
spain-muslims-want-dogs-banned-from-buses-and-public-areas
spain-isnt-the-only-country-where-muslims-massacre-dogs-turkey-has-their-own-canine-genocide-going-on
another-turkish-genocide-this-time-its-dogs
maryland-muslim-man-charged-with-killing-his-stepdaughters-dog-and-threatening-to-kill-her
uk-muslim-thug-cuts-off-his-puppys-ear-after-a-fight-with-his-girlfriend
ban-muslims-damn-it-not-dogs
screw-the-law-uk-muslims-refuse-to-allow-guide-dogs-to-ride-in-buses-or-taxis
australian-taxi-driver-tells-blind-woman-put-your-guide-dog-in-the-trunk-or-get-out

4 comentários:

  1. Tiro ao cao???? Palestinos dando tiro? Ahhhh eu vou lembrar desta piada forever!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. C'um raio! Não entendo onde está a piada!!!

      Eliminar
    2. Quererá dizer que os "palestinos" são tão bonzinhos que são incapazes de dar tiros? Eles dão tiros e facadas e assassinam crianças israelitas como quem bebe um copo de água. O Islão assim ordena: primeiro deve ser exterminado o Povo do Sábado e depois o Povo do Domingo.

      Eliminar
    3. Portanto: não viu o vídeo porque "sabe" que tal coisa não pode acontecer. Eloquente...

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.