terça-feira, 22 de agosto de 2017

Golpe de Estado anti-Trump continua nos Estados Unidos


O ataque terrorista que atingiu Barcelona expulsou dos media o que está a acontecer nos Estados Unidos.

O que aconteceu em 20 de Agosto em Boston: uma marcha pela liberdade de expressão havia sido organizada por pessoas de várias denominações, conservadores, neo-conservadores, libertários, membros da associação de esquerda ainda leais à primeira emenda à Constituição. 
Os esquerdistas dos movimentos "Antifa" ou do Black Lives Matter organizaram uma contra-manifestação e mobilizaram um público estudantil. Os slogans da contra-manifestação eram oficialmente contra o racismo e o fascismo, mas, na realidade, os contra-manifestantes estavam contra o direito de expressão de ideias diferentes daquelas dos "Antifa" e do Black Lives Matter. 
Não chegou a haver violência séria: a Polícia estava lá, mas em vez de proteger o direito de as pessoas se manifestarem, a Polícia ordenou às pessoas que se reuniram para defender a liberdade de expressão, para dispersarem rapidamente. Um homem que levava uma bandeira americana e uma bandeira israelita foi molestado porque tinha uma bandeira israelita. Outro foi acossado porque tinha uma bandeira americana.

Este jovem foi verberado por levar uma bandeira de Israel:

O Partido Democrata continua a apoiar os "Antifa" e o Black Lives Matter, o que significa que se estão a tornar-se cada vez mais claramente um partido de esquerda apoiante do fascismo de esquerda, do racismo anti-brancos, do anti-semitismo, do "anti-sionismo" e da rejeição de todos os valores americanos.
A grande Imprensa dos EUA (CNN, MSNBC) disse que a manifestação pela liberdade de expressão foi "fascista" e "racista" e que o evento promovido pelos "Antifa" e Black Lives Matter foi "anti-fascista e anti-racista", o que significa que "eles apoiam" os "Antifa" e do Black Lives Matter, e que apoiam a deriva do Partido Democrata e tudo o que isso implica.
Em Boston, a Primeira Emenda e seus defensores foram difamados. Fascistas e racistas conseguiram o apoio da esquerda e dos principais meios de comunicação norte-americanos.
Dreuz.info.

Manifestação dos fascistas de Esquerda pelo Comunismo, pela islamização, e contra Trump. Aqui na Europa, desde há anos que vemos manifestações comunistas de apoio ao ISIS. Mesmo em Portugal, o Louçã e a malta apoiam abertamente o terrorismo islâmico.

Nota nossa: aqui na Europa, logo após os Massacres de Barcelona, as manifestações de apoio à islamização da Europa, promovidas pela Esquerda, foram universalmente louvadas pela Imprensa.
As manifestações em homenagem aos mártires e contra a islamização da Europa foram universalmente consideradas pela Imprensa como obra de "nazis".
Israel e os Estados Unidos são os maiores obstáculos à Nova Ordem Mundial. Daí tanto ódio e difamação.

Netanyahu e a Árvore Venenosa


- CONTINUA -

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.