sábado, 26 de agosto de 2017

RESISTIR ao programa de islamização global!


Eis o "Homem Novo" da Esquerda! O Comunismo/Socialismo é perversamente mutante. O seu fim é a obtenção do Poder a todo o custo e nisso se esgota. Pessoas que nos regimes comunistas seriam fuziladas ou internadas em campos de concentração para morrerem, por cá são os arautos da aliança islamo-comunista.

Extintos os sonhos soviético e chinês, extintos os sonhos do euro-comunismo e do afro-comunismo, com uma Coreia do Norte que ultrapassa a ficção de terror e uma Venezuela onde o povo pede pão e é assassinado, os comunistas lançam-se em mais uma das suas experiências. Agora trata-se de substituir a população europeia, muito "aburguesada", por um novo "proletariado" islâmico, que, para já, vai rendendo votos e guindando a esquerda ao poder (veja-se por exemplo a França ou a Suécia).


A cada massacre terrorista islâmico, os comunistas/socialistas e suas mutações pós-modernas batem palmas, pois ganham em dois tabuleiros:
1. É uma ajuda na eliminação dos "burgueses" e no seu plano de substituição populacional dos brancos cristãos (inerentemente maus) pelos não-brancos muçulmanos (inerentemente bons).
2. É uma "prova" de que "o povo" reage, pá, está na luta, pá, contra o "imperialismo ocidental", pá!
O Comunismo jamais chegou ao poder pela via democrática. Hoje, mais uma vez, está a abrir caminho para o poder à custa do terrorismo. Qualquer reacção ao terrorismo islâmico é imediatamente classificada como "discurso de ódio" e "islamofobia".
Aqui o puro BOM-SENSO, que hoje é considerado pelo sistema como "discurso de ódio":







O enorme interesse da Esquerda na aliança com o Islão:



Quem não estuda a História está condenado a repetir erros...


Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.