domingo, 31 de agosto de 2014

Cientistas israelitas conseguem parar a Esclerose Lateral Amiotrófica

Stephen Hawking, inimigo assumido de Israel e apoiante dos terroristas sofre de esclerose lateral amiotrófica. Deus queira que possa vir a beneficiar deste tratamento antes de a destruição de Israel (que ele defende) ocorrer.

Um grupo de cientistas israelitas conseguiu interromper, pela primeira vez, o processo degenerativo que causa a esclerose lateral amiotrófica (ALS), com uma nova técnica de reinjecção de células-tronco do próprio paciente.

A pesquisa, realizada nos últimos anos no hospital Hadassah Ein Karem da Universidade de Jerusalém, conseguiu parar completamente a progressão da doença em alguns pacientes, e em outros conseguiu uma ligeira melhoria nos músculos degenerados.

"O problema com a ELA e doenças relacionadas é que um grupo de células nervosas degenera até à morte irremediavelmente", explicou o professor Eldad Melamed, um cientista da Universidade de Tel Aviv envolvido no projecto, incentivado pela empresa privada israelita Brainstorm.

A esclerose lateral amiotrófica, de que sofre por exemplo o cientista britânico Stephen Hawking, é causada quando os neurónios motores param de funcionar e causam paralisia muscular, que termina em morte, no prazo de poucos anos.

Melamed disse que a investigação tem sido difícil, porque as causas de esses neurónios pararem de trabalhar e começarem o processo degenerativo, são desconhecidas. Então, eles decidiram trabalhar com as células-tronco do próprio paciente. "Resolvemos tratá-los com a própria medula óssea, que reproduzimos em grandes quantidades. Depois de a tratarmos com um processo químico, injectamo-la na coluna e nos músculos afectados", explicou o investigador sobre a técnica que desenvolveu.

Os resultados variam. A técnica conseguiu retardar a doença em alguns pacientes e parar completamente a doença em outros. A pesquisa ainda está em estágios preliminares de e ensaios clínicos, que deverão ser concluídos em Israel e nos Estados Unidos, mas aqueles que sofrem da doença, começam a ter esperança.

Fonte: El Confidencial

Os nossos votos mais sinceros são de que a Medicina (israelita ou outra), possa poupar tantos seres humanos a essa provação terrível que é a ELA, a todas as formas de paralisia, a todas as doenças. Que Deus permita que os doentes se LEVANTEM, como no tempo de Yeshua e outros profetas de Israel.

E que Stephen Hawking, para além de se levantar fisicamente, se levante também moralmente, e deixe o antissemitismo e o apoio ao terrorismo islâmico. Ele, que é a prova viva que o ódio e o preconceito independem do Q.I..

Que Deus nos levante a todos, cada vez mais.

2 comentários:

  1. Isso é muito importante,parar adoeça enquanto esperamos a cura ou controle.Perdi minha irmã querida aos 47 anos,mãe de 3 pré adolecentes na epoca,3 anos de sofrimento sem poder falar e se alimentar normalmente.Entre alguns conhecidos portadores desta doença,tem um sobrinho de minha irmã portador de 30 e poucos anos.existe alguma forma de fazer esse tratamento ? como?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dani,

      Pode contactar o Hospital Hadassah nesta página:

      http://www.hadassah-med.com/contact-us.aspx

      Tenho poucos conhecimentos nestas áreas da Saúde, apenas gosto de mostrar, como leigo que sou, os avanços que Israel traz a este campo do Conhecimento.

      Esta vida e uma breve passagem. É importante vivê-la com saúde física. Mas é mais importante vivê-la com saúde espiritual, porque esta vida passa depressa e pela frente temos a Eternidade.

      Abraço,

      Oliveira

      Eliminar

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.