sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Ébola - Israel na vanguarda da cura



O ÉBOLA ESTÁ DE REGRESSO

Já há suspeitas de casos de ébola em Portugal, e nas antigas Colónias portuguesas.  Israel está na vanguarda da pesquisa da cura para o ébola.

A terrível doença volta a fustigar a Humanidade. O conhecido Le Pen sugere que este pode ser um preciso auxiliar no controlo da população mundial. Estranhamente, nem Le Pen nem os seus dois maiores compinchas se lembraram de dizer que o ébola foi inventado pelos judeus *. 

* - Como o SIDA, que, como todo o inteligente e informado bem sabe, foi inventado pelos "Amaricanos":


Le Pen é uma das pessoas da Santíssima Trindade antissemita gaulesa, juntamente com os igualmente racistas e pró terroristas islâmicos, financiados pelo Irão, M'bala M'bala Dieudonné (supremacista radical muçulmano) e Alain Soral (comunista e amante de sexo com animais).


O ébola não se transmite via zoofilia, senão lá se perderia um grande vulto da cultura...


LUTANDO CONTRA O ÉBOLA


O Dr. Lobel, no seu laboratório

Quem não ficou surpreendido com o alastrar desta epidemia (o maior surto de sempre desde a descoberta do vírus, em 1976) foi o Dr. Leslie Lobel. O virologista da Universidade de Ben-Gurion, no Negev, Israel, é líder nas pesquisas de uma cura, e já tinha previsto o seu ressurgimento.

Lobel e a sua equipa trabalham há 12 anos no projecto de uma vacina para o ébola.

O vírus propaga-se de pessoa para pessoa através do contacto directo com fluidos corporais. Os sintomas iniciais são semelhantes aos da gripe, mas podem incluir hemorragias. Os danos internos nos órgãos acabam por causar a morte, em 60% a 90% dos casos.

"Este surto é uma progressão do que foi acontecendo", disse Lobel da epidemia, que matou mais de 1.600 pessoas desde Março.

resultado do facto de que o mundo tem estado a dormir, quando se trata de combater as doenças. O que se fez desde a década de 1970 para controlar doenças infecto contagiosas, não é suficiente", disse ele. 


Lobel cita também a globalização e o aquecimento global como impulsionadores do actual surto da febre hemorrágica. Ambos perturbaram os nichos ecológicos de morcegos, que muitos cientistas acreditam serem vectores de transmissão.
 

Lobel acredita que macacos e seres humanos foram infectados com o ébola depois de terem ingerido alimentos que estiveram em contacto com baba ou fezes de morcegos.  Pode parecer bizarro, mas já foi provado que os morcegos concorrem para a propagação da doença de Marburg.

UMA ABORDAGEM DIFERENTE


A equipa de médicos e investigadores israelitas trabalha nos domicílios dos doentes
 O dr. Lobel tem usado um abordagem diferente nas suas pesquisas, deslocando-se aos países a braços com a epidemia, e trabalhando directamente com os cientistas e os pacientes locais.  Levou tempo a conquistar a confiança dos doentes, tradicionalmente desconfiados dos médicos, a ponto de os culparem das doenças...  

No mundo desenvolvido, os sobreviventes de doenças terríveis são vistos como abençoado e heróis. Mas, para complicar ainda mais a tarefa de Lobel e da sua equipa, em países como o Uganda, os sobreviventes são vistos pelos seus compatriotas como amaldiçoados.

"Eles sentem-se como párias. Muitos perderam os seus empregos porque sobreviveram à doença", disse Lobel.

 
Esta epidemia, localizada na África Ocidental, está a alastrar mais depressa que as anteriores, porque as quarentenas exigidas não são respeitadas nos países atingidos. Na África Central, palco dos casos anteriores, há mais segurança, com a Polícia e o Exército a assegurarem-se de que as medidas sanitárias são cumpridas.


O médico e a equipa acreditam estar a três a cinco anos daquilo a que chamam o "cocktail", que consiste de uma vacina e uma terapêutica que poderão ser aplicadas logo que o surto se declare.  

- Condensado e adaptado de The Times of Israel.


APELO À COERÊNCIA 


À semelhança de tantos outros avanços científicos, tecnológicos e médicos, os inimigos de Israel são convidados a prescindir desta vacina, caso Lobel & C.a consigam obtê-la. Um antissemita que se preze, mesmo que esteja a esvair-se em sangue, deve absolutamente recusar uma vacina Sionista!!! O próprio Facebook, ou as portinhas USB do computador em que estão a ler isto, devem ser recusados, pelas mesmas razões!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.