terça-feira, 29 de agosto de 2017

Netanyahu para Guterres: Irão vai atacar Israel a partir da Síria e Líbano

Guterres está de visita a Israel na sua qualidade de secretário-geral da ONU.


Dado o histórico da ONU em relação a Israel, ao ouvir esta notícia, Guterres provavelmente não conseguirá conter a sua alegria:

"Netanyahu diz ao líder da ONU que o Irão está a construir bases de mísseis na Síria e no Líbano"
por Itamar Eichner, Ynet News, 28 de Agosto de 2017:

    
O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse ao secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, que o Irão está a construir bases para mísseis tele-guiados de precisão na Síria e no Líbano, com o objectivo de usá-los contra Israel.

    
No início de uma reunião em Jerusalém, Netanyahu acusou o Irão de transformar a Síria numa "base de entrincheiramento militar como parte de seu objectivo declarado de erradicar Israel".

    
"Também está a construir fábricas para produzir mísseis guiados de precisão para esse fim, tanto na Síria como no Líbano. Isso é algo que Israel não pode aceitar. Isso é algo que a ONU não deve aceitar", disse Netanyahu enquanto os dois falavam durante uma conferência de Imprensa conjunta.

    
O Irão, o arqui-inimigo de Israel, tem sido o mais firme apoiante do presidente sírio, Bashar al-Assad, e forneceu milicianos e grupos terroristas como o Hezbollah para o ajudar na guerra civil da Síria.

    
O primeiro-ministro lamentou o seu "relacionamento problemático" com a ONU, criticando o que ele descreveu como uma "obsessão absurda com Israel", usando "tácticas flagrantemente discriminatórias". "Ninguém precisa ser o primeiro-ministro israelita para entender isso, e acho que pessoas de boa fé e senso comum entendem isso".

    
Netanyahu criticou a ONU, dizendo que o organismo não escrutina o discurso de ódio 'palestino', "nega absolutamente" as conexões judaicas com Jerusalém e não impediu que as armas chegassem ao Hezbollah no Líbano.

  
O primeiro-ministro referiu-se a uma recente resolução da agência cultural da ONU sobre Jerusalém que irritou Israel. A UNESCO não reconhece laços judaicos com a Jerusalém e recentemente negou a soberania israelita sobre a cidade.

    
Israel também criticou a força de paz da ONU no Líbano, a UNIFIL, por ser muito branda com as forças do Hezbollah apoiadas pelo Irão, na área de fronteira. Os EUA recentemente apoiaram Israel nas suas reivindicações e sugeriram que fossem exigidas mais responsabilidades da ONU para conter as actividades do Hezbollah ....

----------------------------------------
  
O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu fez uma longa lista de queixas sobre o tratamento tendencioso de Israel pelas instituições da ONU:


O mais simpático que poderei dizer sobre Guterres é que se trata de um homem que quer agradar a todos e acaba por não agradar a ninguém. Quando foi primeiro-ministro de Portugal passou o mandato a fazer exercícios de aquecimento para começar a governar e acabou por fugir, considerando que a sua permanência no poder causaria um "pântano" político.
Ex-comissário da ONU para os "refugiados" (leia-se para a islamização do Ocidente), Guterres chegou a secretário-geral da organização em razão dos seus bons serviços como dhimmi. E tem-se aplicado:
 Se ocasionalmente se atreve a dizer a verdade:
a sua vontade de ser um poster-boy do globalismo esquerdo-islamistas, como um Papa Francisco ou um Obama,  acaba por falar mais alto.
Dizer que a ONU dispensa tratamento discrimatório a Israel é um suavíssimo eufemismo. A ONU é hoje dominada pelo mundo comunista (que quer antes de tudo destruir os Estados Unidos):

O clube dos COLONOS da ONU enterra Israel


e pelo mundo islâmico, que quer acima de tudo destruir Israel, pelo que o país representa e pelo garante de segurança do Mundo Livre que é:


Visite a nossa secção:

UN Watch 

Entre 2006 e 2015, a ONU emitiu 57 condenações contra Israel (por querer existir) e NENHUMA contra bandos terroristas como o Hamas, a Al-Qaeda, a Jihad Islâmica ou o Hezbollah. A ONU É UMA VERGONHA! Ah, mas emitiu UMA condenação contra o Estado Islâmico/ISIS/DAESH! Valha-nos isso!...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seja bem-vindo a esta caixa de comentários quem vier por bem.